Yuyu Hakusho # 18

Por Felipe T. Aquino
Data: 19 agosto, 2016

Yuyu Hakusho # 18Editora: JBC – Revista mensal

Autor: Yoshihiro Togashi (texto e arte).

Preço: R$ 15,90

Número de páginas: 192

Data de lançamento: Março de 2016

Sinopse

Começa o Torneio de Unificação do Mundo dos Demônios. Agora, Yusuke terá que lutar contra seus antigos aliados. Quem será o grande vitorioso nessa luta?

Positivo/Negativo

A edição abre com um flashback do trio de protagonistas durante o seu primeiro ano no Makai, no treinamento para o torneio. Primeiro Hiei, depois Kurama e Yusuke. É interessante apreciar a evolução dos personagens na história, agora que ela está chegando ao final.

Nessa sequência são revelados alguns fatos interessantes sobre o passado do trio. Particularmente interessante é a narração de Raizen explicando a sua motivação de deixar de comer demônios e um pouco mais de sua linhagem, da qual Yusuke faz parte. Como fez com outros coadjuvantes, o autor retoma o conceito de dissociação entre o monstro e a maldade.

A seguir começam os preparativos para a pancadaria. Os torneios de artes marciais são um tema recorrente em mangás do gênero shonen-nakama-fight, como Dragon Ball, Naruto e outros. Aqui, ele é sugerido por Yusuke como uma solução para o impasse entre a disputa de poder dos três demônios mais poderosos do mundo dos demônios.

Devido ao grande número de participantes, e para que não se estenda muito, como o já apresentado Torneio das Trevas do mangá, o autor mostra apenas algumas lutas rápidas dos principais personagens. A competição em si será apresentada na próxima edição, a derradeira do título.

A arte de Togashi continua interessante. Em alguns momentos, como na luta entre Hiei e Shigure, ele adota um estilo que lembra bastante outros mangás de samurai, como Vagabond e Blade – A lâmina do imortal. Ainda nessa batalha, há uma bela splash page mostrando o golpe decisivo, com um traço mais encorpado. Uma escolha perfeita para o protagonista que, além de ser um demônio poderoso, se demonstra um exímio espadachim durante toda a série.

A JBC continua caprichando na tradução. Nesta edição, o destaque fica para o ótimo trabalho de adaptação dos canais de TV do mundo dos demônios, remetendo à nossa realidade. Assim, temos os canais SMT, Globelzebu, TV Bandemônios e outras.

Classificação

4,0

.

Compre Yuyu Hakusho # 18 aqui!

• Outros artigos escritos por

.

  • Beto Magnun

    O problema de Yu Yu, é que Togashi oscila demais nos desenhos. Hora estão muito bons (como no trecho citado no review), hora são só rascunhos.

    • [Better Call Harvey]

      Se fosse só isso tava bom, o problema mesmo foi a CORRERIA DO FINAL.

      Passa o mangá inteiro falando que o Makai é pura treta e cheio de monstros e yokais fodas, pra no final serem todos bonzinhos.

      Fora que sequer mostra os poderes dos 3 reis do Makai (eles só saem na porrada mesmo). Nisso o Anime foi melhor porque mostrou alem disso pelas lutas fillers.

      O Mangá é Excelente e apesar de tudo, curto muito o Togashi (Hunter x Hunter é sensacional). O problema é essa falta de cuidado do Autor para com a sua Obra.

      Sem dúvida, se não fosse a preguiça/vagabundice/cara-de-pau do Togashi e as tretas com o Editor da Jump, Yu Yu Hakusho teria sido muito melhor