Pokémon Red Green Blue chega às bancas pela Panini

Por Felipe T. Aquino
Data: 28 outubro, 2016

Aproveitando o sucesso do jogo Pokémon Go, a editora Panini Comics está lançando a primeira edição de Pokémon Red Green Blue (série bimestral em três edições, formato 13,7 x 20 cm, 208 páginas, R$ 13,90). A edição já está em pré-venda na Amazon Brasil, com 20% de desconto.

Pokémon Red Green Blue é a segunda série baseada em Pokémon Adventures (no Japão, chamado de Pocket Monster Special), que segue a história dos jogos de videogame. A editora já lançou Pokémon Black and White em nove edições, em 2015, baseada no jogo homônimo.

Escrito por Hidenori Kusaka e com arte de Mato, o mangá segue as aventuras de Red, um jovem que deseja se tornar o maior treinador Pokémon de todos os tempos. Para isso, ele parte em uma longa jornada, munido apenas de coragem e do conhecimento e amor que tem pelas extraordinárias criaturas.

A edição nacional chega com os extras originais na íntegra. Dentre eles, mapas e atualização do preenchimento da Pokédex, incluindo o nível dos Pokémons e quanto falta para chegar ao próximo.

Aproveitando o lançamento, a Panini divulgou um episódio de Planet Talk, em que Bruno Zago, editor do material, fala um pouco sobre a tradução e o processo de produção do título.

A franquia Pokémon, uma das mais bem-sucedidas de todos os tempos, foi criada por Satoshi Tajiri, em 1995. Ela é administrada pela Pokémon Company, que consiste da potência dos videogames Nintendo, da Game Freak (responsável pela criação dos jogos) e da Creatures, responsável pelos card games e brinquedos.

A marca começou com os jogos Red e Blue para Game Boy e originou diversas encarnações de séries de animê – que hoje chegam a quase mil episódios –, longas-metragens e card games, sem falar dos próprios games que já estão na sétima geração, com Pokemon Sun e Moon, com lançamento previsto para o próximo dia 18 de novembro.

As histórias giram em torno das criaturas chamadas de Pokémons (abreviatura de Pocket Monsters), e os humanos conhecidos como treinadores Pokémon, que desejam capturá-los, treiná-los e utilizá-los em batalhas.

No que diz respeito a quadrinhos e mangás lançados no Brasil, a franquia já ganhou diversas edições nas bancas. A primeira, Pokémon – As férias de Pikachu, é baseada no primeiro curta da série de animê, exibido junto com o primeiro longa-metragem Mewtwo Contra-Ataca.

Depois, foi a vez Pokémon Club, em 87 edições pela Conrad, de 1999 a 2003, que gerou ainda duas edições encadernadas pela mesma editora, com informações e curiosidade sobre a série em animê, além da quadrinização de alguns episódios da mesma.

Em 1999, foi lançada, também pela Conrad, Pokémon Quadrinhos. A minissérie em formato americano tinha quatro edições baseadas em uma versão alternativa do animê, com o protagonista Ash Ketchum. Já em 2011, passaram pelas bancas cinco edições em formatinho de Pokémon Diamond and Pearl, que são a quadrinização em cores de episódios dos desenhos animados homônimos, pela Editora Online.

Pokémon Red Green Blue

• Outros artigos escritos por

.

  • Willian Martins

    Mesmo não fazendo parte da faixa etária que esse quadrinho é direcionado comprei, pois fez parte da minha infância. Pretendo adquirir toda essa serie que sera lançada pela Panini.

    • Felipe Thomaz Aquino

      É um material muito bacana. E acho que vc não é o único “fora da faixa etária” que vai comprar. hahaaha

  • Dyel Dimmestri

    Seria legal se relancassem a série publicada pela Conrad no fim dos anos 1990-cujo título original japonês é “DENGEKI!PIKACHU”-em sua versão original japonesa SEM CORTES e do primeiro ao último capítulo. Lembro-me que na época muitos protestaram o fato da censura.Este teria sido o principal fator do fracasso da revista. Lá no Japão eles produziram e ainda produzem diversos mangás de Pokémon para diversas faixas etárias. E a supracitada série era voltada para um público mais adulto.