Panini lança Naruto Gaiden este mês

Por Felipe T. Aquino
Data: 20 outubro, 2016

A Panini Comics anunciou, nas redes sociais, o lançamento de Naruto Gaiden (formato 13,7 x 20 cm, 216 páginas, R$ 16,90), a esperada continuação do mangá Naruto para este mês de outubro.

Sucesso entre os fãs do gênero, a série segue as aventuras de Uzumaki Naruto, um jovem ninja órfão que vive na Vila Oculta da Folha (Konohagakure, no original). Apesar de viver isolado dos outros habitantes, é associado ao demônio Nove Caudas, que destruiu a vila no passado.

Naruto sonha em se tornar o novo Hokage (o chefe supremo) da vila. No decorrer da história, são apresentados outros personagens importantes, como Uchiha Sasuke, seu amigo e rival que também tem uma história marcada por tragédias do passado; Sakura Haruno, com o desejo de se tornar a melhor médica ninja; e outros.

Marcado por longas batalhas, dons místicos e poderosos guerreiros, o título foi sucesso de vendas no Japão no decorrer de toda a série. E ainda rendeu dois animes: Naruto, com 220 episódios e Naruto Shippuden, com 479 episódios.

No Brasil, o mangá original foi lançado entre 2007 e 2015, pela própria Panini, com duração de 72 números. A editora também relançou a série em formato pocket. Atualmente, uma segunda republicação das histórias está acontecendo em Naruto Gold, com 15 números lançados.

Em Naruto Gaiden – O Sétimo Hokage e a lua que floresce vermelha, o tempo passou desde a Grande Guerra Ninja do passado e uma nova geração de ninjas, descendentes dos personagens originais, se destacam na Vila da Folha em um tempo de paz. Porém, a filha de Sasuke e Sakura está na mira de inimigos do Sharingan, e uma nova batalha terá início.

O título faz parte do Naruto Project, comemorando 15 anos da série no Japão.

Devido ao grande sucesso do título, a edição da Panini chega em papel off-set 90g, capa com hot stamp e um pôster exclusivo de brinde com a ilustração completa da capa.

Naruto Gaiden

• Outros artigos escritos por

.

  • Pedro Okner

    Naruto melhor anime de todos os tempos , na minha opinião.