O Legado Romita e Vampirella, novidades da Mythos Editora

Por Marcelo Naranjo
Data: 27 outubro, 2016

Duas novidades da Mythos Editora estão em pré-venda.

No final dos anos 1960, Stan Lee convidou John Romita para substituir o desenhista original do Homem-Aranha, Steve Ditko, que havia deixado a revista. Uma década depois, seu filho John Romita Jr. começaria também sua escalada rumo ao patamar mais elevado das HQs de super-heróis.

Escrito por Tom Spurgeon, O Legado Romita (capa dura, 208 páginas, R$ 89,90) é um livro ricamente ilustrado com artes clássicas e outras jamais vistas, contendo biografias e entrevistas com esses dois renomados artistas. A obra conta com introdução de Alex Ross.

Já Vampirella – Grandes Clássicos (capa dura, 220 páginas, R$ 89,90) apresenta a última filha de Drakulon viajando pelo mundo como assistente de palco de um mágico, enquanto enfrenta um terrível culto, ao mesmo tempo em que é caçada pelo implacável Van Helsing e seu filho Adam. E tudo isso fica ainda mais complicado quando Drácula entra na história!

As tramas são assinadas por Archie Goodwin, T. Casey Brennan, Budd Lewis e Steve Englehart, no traço do artista José González.

legado_romita

vampirella

• Outros artigos escritos por

.

  • Stephan

    Esta sim, é a VERDADEIRA Vampirella! González era um mestre sem igual!!!

  • Heberton Arduini

    Não fosse ter saido Principe Valente pela Pixel diria facil que essa da Vampirella é minha favorita do ano.

  • Enoch

    A arte dos Romitas é um exemplo irrefutável de que o talento em uma mesma área pode ser transmitido de uma geração para a seguinte ! Em tempo, não me conformo com isso de planeta Drakulon rs

  • A editora LIXO Mytho$$ me fez pagar 90 reais (!!!!) por um livro LIXO da Vampirella, com arquivos digitais das páginas com definição LIXO, com VÁRIOS defeitos de gráfica e encadernação e capa dura FINA LIXO, e pra cereja do bolo uma galeria de capas EM PRETO E BRANCO!!!!!! LIXO.

    Essa editorazinha é uma piada de mau gosto. Todos os diretores e proprietários agem de má fé com o único intuito de retirar o máximo de dinheiro dos colecionadores brasileiros.

  • Henrique Brum

    terminei de ler legado Romita ontem. A entrevista com o Sr. é ótima e inspiradora! Mas a do Jr. é esquisita, dá impressão de um ego inflado e ressentido. Cara trabalhou na época de grandes nomes, entrou no demolidor depois do Miller, no Aranha antes do Frenz, nos X-men depois do Byrne e antes do Jim Lee. Estava la na época Mcfarlane, quando o mesmo ganhou o titulo Spiderman. E o tempo todo fala como se não tivesse alcançado o sucesso dos outros por algum tipo de perseguição imaginaria e fica o tempo todo lembrando como a narrativa dele é melhor do q de todos outros ..Já comprei a edição mais pelo Pai, pois nunca gostei muito da arte do filho ..agora não tô muito fã da pessoa tb.