Novos volumes de Ken Parker Magazine estão à venda

Por Marcelo Naranjo
Data: 18 outubro, 2016

O CLUQ – Clube dos Quadrinhos – acaba de lançar dois novos volumes da coleção Ken Parker Magazine, as edições # 7 e # 8 (formato 21 x 28 cm, 48 páginas, R$ 65,00 cada).

Ambas apresentam o início e conclusão da história em duas partes O Grande Espetáculo, com roteiro de Giancarlo Berardi e arte de Ivo Milazzo e Giorgio Trevisan.

Na trama, Ken Parker conta como foi seu encontro com uma das figuras mais lendárias do Velho Oeste: Willian Frederick Cody, mais conhecido como Buffalo Bill. Ele narra para Ned Buntline – o jornalista e escritor que primeiro divulgou para o mundo as aventuras do lendário cowboy – como conheceu Buffalo Bill, muitos anos antes.

Todas as edições dessa série podem ser encontradas à venda na Comix Book Shop. Clique aqui e confira as já lançadas, bem como a história da publicação desta elogiada HQ cult criada por Berardi e Milazzo, que pelo teor humano de suas tramas criou um grupo fiel de fãs em todos os países nos quais a saga foi publicada.

ken_parker_07

ken_parker_08

• Outros artigos escritos por

.

  • José Aparecido Ramos

    Apesar de ser Ken Parker mas 48 páginas por R$65,00 tá salgado demais.prefiro ficar com os meus formatinhos da Mythos.

    • Marcelo Bondioli

      Muita gente que também gostaria de ler essas revistas ficam inibidos, graças ao preço absurdo. Depois reclamam dos scans, quando os próprios editores incentivam a sua prática, inventando preços surreais.

  • Mardonio Santos

    Paginas folheadas a ouro… 65,00 reais por 48 paginas?

  • Wagner Ferreira

    Infelizmente, 48 páginas a R$65,00 (P&B !!!) é impraticável e surreal…

    • Marcelo Bondioli

      Quem tem coragem de comprar essas edições nacionais, teria todas as condições de fazer um curso de italiano (que nem é tão dificil de aprender) e importar as edições originais, que são muito mais baratas. Isso aí é especulação simples e pura.

  • Wagner Ferreira

    Perderam totalmente a noção dos preços de bens e serviços no Brasil!

  • Marcelo Bondioli

    O mais inacreditável não é vender um gibi de 48 páginas a R$65,00, mas o mesmo já estar na edição 8, o que significa que tem gente que compra!!!! Só a título de comparação: Na Amazon Italia vendem vários fumetti do Ken Parker, com cerca de 200 páginas a 7 EUROS. 200 PÁGINAS A 7 EUROS! Realmente o Brasil é um país de tolos.

  • Julian Sorel

    O que me entristece é o monopólio da Comix na venda. Se fosse pela Amazon, ou mesmo pela Liga, talvez houvesse um bom desconto. Sem contar o péssimo serviço da Comix.

  • Marco1964

    Nossa, quanto chororô…
    O CLUQ é uma editora pequena (e põe pequena nisso) e suas tiragens são igualmente minúsculas, portanto, imagino que seja impossível o preço final não ser salgado. Afinal, trata-se de um negócio, e não caridade. E também tem a lei da oferta e procura. claro.
    Como sou um baita fã de KEN PARKER, desde os tempos da Vecchi, e não entendo chongas de italiano, economizo daqui e dali e compro essas edições sem pensar duas vezes.
    A opção, como alguém sugeriu por aqui, é fazer um curso de italiano e importar as edições originais (com frete, IOF etc.) Parece que sai mais em conta! rs
    Só pra encerrar: o mais lamentável é constatar a quantidade de títulos que um personagem raso como TEX tem aqui no Brasil. Vai entender o leitor…

    • Marcelo Bondioli

      R$ 65,00 por 48 páginas não é um preço salgado. É um absurdo. Sem mais nem menos. Nada justifica esse preço, exceto a famigerada especulação: Duas pessoas topam pagar 65 reais, ótimo, vamos vender a 65 reais. Dane-se se teria vinte pessoas dispostas a pagar mais barato. Vamos garantir esses dois exemplares vendidos e assim fingirmos que estamos prestando um serviço, lançando Ken Parker no Brasil. Se eu tivesse tempo, até escanearia e traduziria as edições italianas. E faria de graça, por amor à arte.

      • Marco1964

        Mas o CLUQ (leia-se Wagner Augusto) está prestando um grande serviço à nona arte com a publicação de Ken Parker. Seja via CLUQ, Tendência ou Tapejara, praticamente todas as histórias do personagem saíram por aqui. Se o fã de Ken Parker dependesse das outras editoras, estaria frito.
        Ah, e se você tivesse tempo, e escaneasse e traduzisse as edições italianas, isso não seria, hã, pirataria??? Tipo, os fins justificam os meios? Então tá, né…
        P.S. A especulação acontece quando os “mercenários” compram essas edições, que já são caras, e colocam no Mercado Livre a preços ainda mais exorbitantes!!!

        • Marcelo Naranjo

          Exato, tudo é feito OFICIALMENTE pelo CLUQ junto aos artistas e a tiragem é reduzidíssima.

        • Marcelo Bondioli

          Se estivesse visando ao lucro seria pirataria. Compartilhamento não é pirataria.

  • Prefiro Blueberry. Tem alguém da NEMO lendo isso?

  • FabioRT

    Minha nossa…que coisa cara !!!
    Que pais excludente é o nosso… Se você gosta de coisas fora do universo Marvel/DC é um sofrimento do cão….como disseram abaixo…depois reclamam de scans… e ainda ficam dando a definição de cult como forma de justificar o preço desse negócio

  • Victor Vitório

    Se ao menos fossem as duas juntas num volume só até pensaria em futuramente adquirir (comprar pela Comix não é um incentivo). Quero ler Ken Parker por causa de Aventuras de uma Criminóloga, então vou procurar formatinho na Estante Virtual…

    E pensar q Príncipe Valente me custou apenas R$ 37 pela Amazon (o meu chegou hoje e é uma maravilha de edição).

    Pois bem, essa Ken Parker Magazine não é para quem quer.

  • El Magnifico Panochero

    tenho a coleção dos 59 volumes, mas ainda não tomei coragem de comprar os volumes desta nova coleção, confesso que o preço tem sido meio proibitivo pra mim.