Coleção O Spirou de… chega ao Brasil pela Sesi-SP

Por Samir Naliato
Data: 14 outubro, 2016

No início deste ano, a SESI-SP Editora anunciou a publicação das histórias clássicas de Spirou e Fantasio no Brasil. Seis edições depois, começa agora a lançar também a coleção O Spirou de…, produzidas por diferentes quadrinhistas, cada um usando seu próprio estilo artístico no personagem.

O Spirou de… foi criado pela editora francesa Dupuis, e surgiu a partir do desejo de vários autores em escrever aventuras da dupla Spirou e Fantasio.

Os primeiros títulos lançados serão:

Spirou – O diário de um ingênuo (formato 21 x 29 cm, 72 páginas, R$ 32,00), por Émile Bravo. É 1939. Como um adolescente que trabalha na portaria de um hotel pode se revelar e se tornar o jovem aventureiro que conhecemos? Por que resolveu adotar o uniforme de mensageiro? Ele já se apaixonou? Tem consciência política? De onde vem sua amizade infalível com o Fantasio? E quem é Fantasio? E Spip? Por trás de todas essas perguntas se esconde um terrível trauma que afetará a todos…

Spirou – O mensageiro verde-cinza (formato 21 x 29 cm, 72 páginas, R$ 32,00), por Schwartz & Yann. Em 1942, Bruxelas está ocupada. Spirou, mensageiro do hotel Moustic, requisitado pelas tropas alemãs, e Fantasio, jornalista do periódico Le Soir, acusam-se mutuamente pelo fato de possuírem grande proximidade com os invasores. O que Fantasio ignora, no entanto, é que Spirou atua, na verdade, como um membro ativo da Resistência. Porém o coronel alemão Von Knochen, principal hóspede do hotel, está prestes a encurralar uma das mais importantes redes da resistência belga. Spirou e Fantasio conseguirão impedir esse plano diabólico? Poderão enganar o coronel e escapar das garras nazistas?

Essas duas edições já estão à venda na Amazon Brasil com desconto, clique nos respectivos links acima.

O terceiro volume da coleção será Spirou – A mulher leopardo, também da dupla Schwartz & Yann.

Spirou - O diário de um ingênuo Spirou - O mensageiro verde-cinza

• Outros artigos escritos por

.

  • Ambas as edições me interessaram…

  • Pedro Bouça

    Esses são os melhores Spirou feitos neste século até o momento! O do Bravo ficou a um fio de ganhar prêmio em Angoulême (perdeu para o Pinóquio do Winchluss).

    • Pedro Bouça

      Recomendadíssimos! E a chance de ver material moderno do personagem, já que a série clássica ainda tem muito chão para percorrer.

      • Quais os outros autores envolvidos, Bouça?

        • Pedro Bouça

          Sorry, só vi agora sua mensagem.

          Não acho que os outros autores envolvidos são minimamente conhecidos no Brasil, mas entre eles estão a dupla Fabien Vehlmann e Yoann (que depois assumiu a série regular), Frank le Gall, Fabrice Tarrin, Lewis Trandheim, Fabrice Parme, Tehem, Benoît Feroumont e o grande Frank Pé.

  • Dyel Dimmestri

    E mais uma vez,a Editora SESI-SP Marca um gol de placa!!
    Tomara que eles tambem publiquem as coletâneas de histórias curtas do Spirou
    assinadas pelo Franquin e pelo Jije!!

  • Pedro Bouça

    Para ser justo, o SESI-SP tem muito mais grana do que a humilde Zarabatana…

  • marcio monteiro

    Tem esse “filminho” no youtube do álbum que acho sensacional: O mensageiro… https://www.youtube.com/watch?v=i5tnjVHNFsk
    Mais um para a lista.
    Ah, papai noel! Se o senhor me entendesse…

  • Henrique Brum

    to impressionado com a quantidade de titulos de hq que a sesi-sp vem lançando…mto bom!